Trio é preso após arremessar drogas em presídio de segurança máxima

Trio suspeito de arremessar drogas dentro do presídio de segurança máxima no Jardim Noroeste acabou preso após abordagem da Polícia Militar, na madrugada deste domingo (19). Os suspeitos foram autuados por tráfico de drogas e associação criminosa.

Conforme informações do boletim de ocorrência, um dos envolvidos, identificado como “mascote do PCC” estava evadido do sistema prisional e tinha mandado de prisão expedido, tendo no histórico ameaça, associação criminosa e tráfico de drogas.

Ele contou o local onde a droga que estava escondida e mostrou fotografias que comprovavam o crime. Ao vistoriar o local indicado, os militares encontraram uma mulher de 30 anos, esposa de um presidiário da máxima.

Questionada, ela informou que uma amiga, identificada apenas como “corinthiana do PCC”, estava dormindo na sua residência. Ao revistar o local os policiais encontraram dentro de uma geladeira sete porções de maconha, além de 347 gramas escondidas e um invólucro com cocaína.

A dona do imóvel negou participação na ação e alegou que a droga seria de ‘mascote. Os três foram presos e o caso registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

redrube.mobi youporn uporn.icu fetishtube.cc