Sul-mato-grossenses devem gastar R$ 378 milhões nas festas de fim de ano

Os moradores de Mato Grosso do Sul pretendem colocar a mão no bolso nas festas de fim de ano. As comemorações de Natal e Ano Novo devem movimentar R$ 378,32 milhões na economia do Estado e, do montante, R$ 225,17 milhões no Natal e R$ 153,15 milhões no período da virada de ano.

Os números são da pesquisa sazonal do IPF-MS (Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS), em parceria com o Sebrae-MS.

Ao todo, foram ouvidas 2.502 pessoas em 15 cidades de MS. A intenção dos sul-mato-grossenses é gastar mais com a festa natalina do que com os presentes somando R$ 130,94 milhões destinados às comemorações e R$ 94,23 mi às compras dos presentes.

O gasto médio no período de comemoração ao nascimento de Jesus varia entre R$ 151,00 e R$ 300,00, um aumento de 39,32% em relação a mesma época de 2017.

Presentes

Entre os que garantiram presentear, as preferências são as roupas (31,90%), brinquedos (19,87%) e calçados (15,19%). As compras ocorrerão na semana do dia 25 de dezembro (50,62%), em lojas do Centro de cada município (72,80%).
Os consumidores afirmaram que levarão em conta o preço (27,02%), o produto (25,66%) e o atendimento (22,05%) da loja.

Reveillón

Na virada do ano, 71,94% dos pesquisados pretendem comemorar a data na casa de amigos/familiares (34,28%). As intensões de viagens (6,74%) são maiores que na comparação do Natal e, com isso, a possibilidade de uma movimentação financeira 16,96% superior, devido principalmente ao comportamento dos moradores de Campo Grande.

A pesquisa aponta que os gastos médios para essas comemorações serão de R$ 189,27. Lideram o ranking de maior gasto médio por pessoa os municípios de Ponta Porã (R$ 217,56), São Gabriel do Oeste e Coxim (R$ 216,00), e Três Lagoas (R$ 211,14).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

redrube.mobi youporn uporn.icu fetishtube.cc