Polícia Federal, TRE-MS e MP vão a Funsat e interrogam oito servidores da Prefeitura

Oito servidores foram interrogados separadamente na tarde desta terça-feira (30) na Funsat (Fundação Social do Trabalho) de Campo Grande. De acordo com testemunhas, membros do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), Ministério Público Eleitoral e da Polícia Federal acompanharam os depoimentos.

Alguns dos servidores comissionados do local teriam sido pressionados a votar para reeleger um deputado estadual, que teria ameaçado manter os empregos deles frente à Prefeitura caso não fosse reeleito, segundo uma das fontes, que não quis se identificar.

A investigação sobre o assunto teria tido desdobramento nesta tarde, quando os órgãos foram até o local para ouvir os servidores sobre a denúncia.

A Prefeitura de Campo Grande, Polícia Federal e Ministério Público foram questionados pela reportagem sobre os depoimentos e não encaminharam posicionamento sobre o assunto até a publicação desta matéria.
Caso haja resposta, a reportagem será atualizada com as informações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

redrube.mobi youporn uporn.icu fetishtube.cc