Delegado diz que mesmo com o sinal aberto, motorista deveria reduzir velocidade

Enilton Zalla, que atendeu a ocorrência, conversou sobre o caso com a CBN Campo Grande, FM 93,7

 

O motorista bêbado que atropelou e matou um pedestre na faixa de segurança em Campo Grande, MS, tinha obrigação de reduzir a velocidade no cruzamento, embora o sinal estivesse aberto para ele. Além disso. a nova legislação em vigor prevê prisão de até 8 anos, sem direito a fiança na delegacia.

A lei federal que ampliou as penas do código de trânsito brasileiro para o condutor alcoolizado ou drogado, que provocar acidentes de trânsito que levem a morte ou lesão corporal grave, está em vigor há uma semana.

A punição prevista, em caso de morte, que antes era de dois a cinco anos de prisão, agora subiu para de cinco a oito anos. Além disso, o motorista fica proibido de obter nova permissão ou habilitação para dirigir veículo novamente.

Apesar desse aumento no rigor da punição, acidentes dessa natureza continuam acontecendo. Na noite desta quarta-feira, por exemplo, o motorista Alderson Fante da Silva, de 33 anos, atropelou e matou Moisés Luis da Silva Oliveira, um jovem de 22 anos, que atravessava pela faixa de segurança a Rua Ceará no cruzamento com a Euclides da Cunha, no bairro Santa Fé. Alderson fugiu do local, mas acabou localizao e preso pela Polícia Militar.

O delegado Enilton Zalla, plantonista da delegacia de pronto atendimento comunitário da área central, que atendeu a ocorrência, conversou com a reportagem da CBN Campo Grande sobre o acidente.

Ouça a entrevista de Dayanne Faquetti:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

redrube.mobi youporn uporn.icu fetishtube.cc